Músicas

Trailer

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Paige Weaver - Promise Me #1 e #2



Sinopse

Livro 1 - Promise Me Darkness

"Ele era minha escuridão e eu era sua luz. Não podíamos existir um sem o outro.”
Para mim, a vida era simples. Ia à escola e estudava. Passava o tempo com meus amigos e me afastava dos problemas. Não bebia, não amaldiçoava e só saía com cavalheiros. Era a típica garota boa com um brilhante futuro. Meu mundo parecia perfeito.
Mas isso estava a ponto de mudar.
Ryder Delaney era a única imperfeição em minha vida. Ele era o menino mau, a ovelha negra, aquele que sua mãe sempre te advertiria. Só tinha uma regra estrita: Não apaixonar.
Mas algumas regras foram feitas para serem rompidas.
Nós fomos melhores amigos, inseparáveis na infância apesar de nossas diferenças. Eu conhecia o verdadeiro homem que se escondia sob as tatuagens e a má atitude. Ele conhecia todos meus segredos e sonhos. Mas não sabia que havia algo que eu queria e não podia ter... Ele!
Mas às vezes o destino tem uma curiosa maneira de intervir. Logo, paralisou nossos mundos. Estalou a guerra. Reinou a escuridão. Sozinhos e prófugos, nossa única meta era sobreviver e ignorar os sentimentos que tínhamos um pelo outro. Mas o amor é poderoso e também é a escuridão.

Livro 2 - Promise Me Light

"Sou escuridão, Maddie. Afaste-se dos homens como eu. Só sairá ferida."
Houve um tempo em que minha vida era simples. Fácil, mas isso foi antes da guerra. Agora, já não era uma estudante universitária. Era uma sobrevivente. Uma mulher vivendo em um mundo devastado. Meu futuro não estava claro e minha vida estava longe de ser perfeita. A guerra me tirou tanto..., mas ainda não acabou. Quer mais. Quer meu coração. Minha Alma. A única pessoa sem a qual não poderia viver. Quer Ryder Delaney. Meu melhor amigo. O menino mau. A única pessoa que poderia lutar como nenhuma outra e me amar como mais ninguém. Ele era o pai de meu bebê. Vi-o partir em um verão caloroso e rezei para que voltasse. Necessitava mais dele do que do ar que respirava e da água para beber. Sem ele, estava perdida. Uma luz sem sua escuridão. Até que volte, estarei o esperando. E acredito que voltará, porque o amor é poderoso... e assim é também a luz que o chama para casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário